Inscrição Pós-Graduação Lato Sensu Matriz Africana

R$70,00

A Pós-Graduação Lato Sensu em MATRIZ AFRICANA propõe os alunos a compreenderem criticamente a matriz africana como conceito amplo, que vai além do identitário e racial, cujo diversos aspectos encontram-se diluídos em nossa cultura a partir dos processos diaspóricos.

O curso pretende explorar os elementos que constituem a MATRIZ AFRICANA, que foram mantidos e preservados no território e na memória coletiva através de grupos diversos, marchas, cortejos, manifestações culturais, povos e comunidades tradicionais vinculados à essa matriz em espaços urbanos e rurais.

CRITÉRIO DE SELEÇÃO: Análise de currículo + carta de intenção + entrevista. Após realizar a inscrição no site, enviar currículo, carta de intenção e comprovante de pagamento da inscrição para o e-mail: [email protected]

Inscrições: 22 de maio a 22 de julho de 2020
Início das aulas: 15 e 16 de agosto de 2020

DIAS E HORÁRIOS:  Um final de semana por mes
Sábado: Das 8h às 12h – curso teoria e prática/ Das 14h às 17h – vivências e oficinas
Domingo: Das 9h às 17h – curso teoria e prática
LOCAIS: CASA DE CULTURA FAZENDA ROSEIRA – CAMPINAS, SP e
CASA DE CULTURA AQUARELA – CAMPINAS, SP.
ENDEREÇOS: Rua Domingos Haddad, nº 1, Residencial Parque da Fazenda, Campinas.
Rua Antonio Carlos Neves, 338 Chácara Campos Elíseos – Campinas.
DURAÇÃO DO CURSO: 20 meses
NÚMERO DE ALUNOS POR TURMA: Mínimo de 25, máximo 30 alunos.
CARGA HORÁRIA TOTAL: 400 horas.
CRITÉRIO DE SELEÇÃO: Análise de currículo + carta de intenção + entrevista.
Enviar currículo, carta de intenção e comprovante de pagamento da inscrição para o e-mail: [email protected]

ATENÇÃO: Os interessados em concorrer a uma bolsa de estudo para o curso deverão fazer normalmente a inscrição no site e expor seu interesse na carta de intenção. O pedido será avaliado durante o processo seletivo pela coordenação do curso.

INVESTIMENTO: 21 parcelas de R$ 480,00. Vencimento: Todo dia 10 de cada mês (Obs: Possibilidade de bolsa de até 40% de desconto).

OUTRAS INFORMAÇÕES SOBRE O CURSO
O curso dispõe o aluno à experimentações diversas das tradições de Matriz Africana como atividades conceituais e práticas de agricultura e fitoterapia quilombola; Experimentos culinários, seus mitos e saberes; Análise da musicalidade africana dentro do território rítmico do jazz, blues, swing e as big bandas em diálogo com as manifestações rítmicas populares afro-brasileiras como o Maracatu, Maculelê, Carimbó e Cacuriá.

Ainda integram o curso, estudos práticos e teóricos sobre o papel do griô na cultura africana, a variedade dos mitos e lendas da África; A percepção do teatro como possibilidade de auto- observação tendo como pano de fundo a Dramaturgia Contemporânea Africana; A criação de bonecos e suas técnicas como caráter pedagógico desde a África antiga; Conhecimentos dos diversos tipos de samba, além das danças africanas e os ritmos de raiz como o ahouach, o guedra, o schikatt, a gnawa, aquizomba e a capoeira.

 

Alessandra Ribeiro _ Coordenadora Pedagógica

SOBRE A COORDENADORA DO CURSO:
Alessandra Ribeiro é historiadora e doutora em urbanismo pela PUC CAMPINAS, tendo estudos voltados para a área de Matriz Africana: territórios, memória e representação. É gestora cultural da Casa de Cultura Fazenda Roseira, Mestre da Comunidade Jongo Dito Ribeiro, Mãe de Santo Umbandista no Centro de Estudos de Matriz Africana – CEMA e consultora especializada em estudos de gestão cultural de matriz africana e patrimônio cultural imaterial. Já participou de diversas palestras, debates e mesas de discussões no Brasil e em países Africanos nas universidades de: Moçambique e África do Sul, é do Conselho da Comunidade Negra e faz parte da comissão de avaliação em editais voltados para Cultura Negra, Patrimônio Cultural e Culturas Tradicionais e participa do Fórum Campinas Pela Paz.

 

 

 

Grade Curricular Pós-Graduação Lato Sensu em MATRIZ AFRICANA

2020Datas
1.     Matriz Africana- Uma Hipótese ConceitualMaio

 

2.     Contos Africanos e os Arquétipos do InconscienteJunho

19 e 20

     3.Territórios em Matriz AfricanaJulho

17 e 18

     4. Tradição oral na Matriz Africana

 

              Agosto

21 e 22

     5.Cosmovisão em Matriz AfricanaSetembro

18 e 19

    6. Dramaturgia Africana. Biocênica

 

          Outubro

16 e 17

    7. Metodologia do Trabalho CientificoNovembro

20 e 21

    8. Instrumentos Musicais, O canto e Ritmos Africanos

Auto de natal Kwanza

         Dezembro

12 e 13

    9. Sistema TerrestreJaneiro

16 e 17

   10. Farmoáfrica. Fitoterapia Quilombola            Fevereiro

20 e 21

   11. Representação e Memória de Matriz AfricanaMarço

20 e 21

   12. Didática do Ensino Superior               Abril

17 e 18

   13. TCC, Artigo e Orientação Pedagógica de Trabalho               Maio

15 e 16

   14. Patrimônio Cultural Material e Imaterial de Matriz Africana              Junho

19 e 20

   15. Samba. Samba de Roda. Samba Lenço. Samba de Bumbo. Samba Rural Paulista. Samba de Salão              Julho

17 e 18

   16. Identidade Negra e Juventude na Diáspora               Agosto

21 e 22

   17. Bonecos e Bonecas Africanos            Setembro

18 e 19

   18. Culinária, Mitos e Comunidades Tradicionais de Terreiro para a Matriz Africana           Outubro

16 e 17

19. Danças Africanas. o ahouach, o guedra, o schikatt, a gnawa, a kizomba e o samba\capoeira           Novembro

20 e 21

  20. TCC, Artigo e Orientação Pedagógica de Trabalho Final            Dezembro

11 e 12

 

Cosmovisão pelas plantas
Ciranda de Ossain e a Memória
É nas brincadeiras em roda que percebemos o giro da vida
Aula com o Mestre Lucas Silva
Só se levanta pra ensinar quem teve a humildade de sentar para aprender

 

M

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Inscrição Pós-Graduação Lato Sensu Matriz Africana”

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *