Oferta!

I Seminário Internacional de Contadores de Histórias

R$95,00 R$72,00

I Seminário Internacional de Contadores de Histórias:

26 – 27 –  28 –  29 e 30  de AGOSTO

“Lá vai o trem sem destino… Pro dia novo encontrar”

 Palestras –  Saraus –  Mesas Redondas – Partilhas

A Univida Apresenta:

I Seminário Internacional de Contadores de Histórias:

26 – 27 –  28 –  29 e 30  de AGOSTO

“Lá vai o trem sem destino

Pro dia novo encontrar”.

Investimento: R$ 72,00  – U$ 15,00

 Palestras –  Saraus –  Mesas Redondas – Partilhas  

 

 

Palestras com Mesas:

  • 26\08 – 4ª feira 19h às 21h – ABERTURA: Com Dr. César Nunes (UNICAMP)

Tema: As Narrativas  como Horizontes:

“A Boa Nova a andar nos campos”.

 

 

  • 27\08 – 5ª feira  10h às 12h  – Com Ulisses Junior ( Brasil)  e medição  com  Laura Ferreira   – ( Paraguai)

Tema: Contador de Histórias: “A esperança equilibrista”!

(Alicerces dessa  nova profissão)

 

  • 28\08 – 6ª feira 10h às 12h – Com Suzana Montauriol ( Brasil)

Tema: “Essa palavra presa na garganta”

Psicoterapia da Palavra.

 

  • 29\08 – sábado 10h às 12h – Com Marcos Brytto ( Brasil) e mediação com Otis Selimane Remane ( Moçambique)

Tema: O Artista na 4ª Era  

“E que o passado abra os presentes pro futuro”!

 

 

  • 30 \08 – domingo – 17h às 19h – Com o Grupo UNIVIDA e  Alejandra Oliver Gulle  – Diretora do Festival Internacional NaRRaPalabra.      Medição com Laura Ferreira e Suzana Montauriol.

Tema: Histórias Irmanadas:

“Vejo vir vindo no vento…Cheiro de nova estação”

 

  RESENHA DOS TEMAS:

 

Abertura: Tema:

  • 1- As Narrativas como Horizontes:

 “A Boa Nova a andar nos campos”.

Professor: Dr. César Nunes ( UNICAMP)

 

As histórias  como espaço de desenvolvimento antropológico, socioemocional, cultural e afetivo: contar histórias e educar corações e mentes para a beleza e dignidade da vida.Uma das preocupações do mundo contemporâneo tem sido a de não perdermos a memória, a história e o que nos identifica como seres culturais. A narrativa é uma das atividades de resistência a essa possível perda. Ouvir  e contar histórias é sem dúvida, um dos mais importantes caminhos onde se desempenham a  criação e recriação da identidade dos povos.

 

  • 2- Tema: Contador de Histórias:

“A esperança equilibrista”!

(Alicerces dessa  nova profissão).

Professores: Ulisses Junior e Laura Ferreira

 

               O contador de histórias é uma figura ancestral, presente no imaginário de inúmeras gerações ao longo da História. Em um universo desprovido de recursos midiáticos, este ser é imprescindível para a formação dos futuros adultos, conferindo às crianças, através das narrativas de histórias, ‘causos’, mitos, lendas, entre outras, uma imagem menos apavorante de uma realidade então povoada pelo desconhecido.

Ao mesmo tempo em que amenizava os medos e uma existência muitas vezes desfavorável, o narrador ajudava as pessoas a entenderem melhor o que se passava a sua volta, a enfrentar os dilemas e confrontos de natureza social e individual, extraindo das experiências o aprendizado mais profundo.

 

Podemos encontrar três modalidades de profissionais. São eles:

  • O Contador de Histórias Performance;
  • O Contador de Histórias Educador;
  • O Contador de Histórias Tradicional.

 

  • 3- Tema: “Essa palavra presa na garganta”

Psicoterapia da Palavra.

Professora: Suzana Montauriol

                Através da Psicoterapia da Palavra buscamos entender os símbolos sagrados de nosso inconsciente coletivo, ou seja, símbolos de nossa HUMANIDADE. Fazemos isso acessando as histórias, os mitos, as lendas, os contos de fadas, as danças, as rodas em volta do fogo, os cantos sagrados entre outros encantamentos… tudo com muito lirismo e poesias existências. Há muito tempo os mitos e os contos de fadas estão presentes no imaginário do homem e desempenham um papel singular nas sociedades. Estas histórias sobrevivem ao longo dos séculos, pois, contém símbolos universais que provém do inconsciente coletivo, que é segundo Bruno Bettelheim  “a parte da psique que retém e transmite a herança psicológica comum da humanidade”.

 

  • 04- Tema: O Artista na 4ª Era –

“E que o passado abra os presentes pro futuro”

Professores: Marcos Brytto e Oitis Selimane Remane 

Ser um Contador de Histórias está muito além de apenas Narrá-Las.

Somos a entidade viva que professa, criando ininterruptamente nos corações humanos um universo construído de palavras. Fazendo descortinar o “sonho acordado”. O elemento simbólico que há dentro dos sonhos é similar ao que está dentro das histórias, impulsionados pela fantasia; que é a capacidade de romper com os esquemas da experiência criando nova realidade. O Artista na 4ª Era.

 

 5- Tema: Histórias Irmanadas:

 “Vejo vir vindo no vento…Cheiro de nova estação”

Professoras: Alejandra Oliver Gulle, Suzana Montauriol e Laura Ferreira.

 

                O Contador de Histórias é um Xamã do século XXI, pois ele  tem a coragem de abrir o véu da consciência simbólica que está por de  trás das palavras, e comungar a unidade em enredos de finais felizes , abordando em seu escopo as relações  afetivas de vínculos que as histórias promovem.

                As histórias não são apenas um entretenimento  Cênico e Lúdico do humano. As histórias são metáforas da vida. Funcionam como música que, quando ouvidas, são capazes não apenas de transportar o pensamento, mas também de ativar as sensações no corpo, emanadas das lembranças. E aí choramos, ou nos alegramos, ou sentimos uma saudade imensa, enm, somos tomados de emoção signicante. Algumas histórias nos remetem a um templo sagrado, onde se desvelam os sentimentos do mundo.

 

 

Mini currículos:

  • CESAR NUNES (Brasil) concluiu o Doutorado em Educação pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) em 1996 e defendeu a Livre Docência em 2006. É Professor Titular da Faculdade de Educação, na área de Filosofia e Educação. Atua na Área de Educação, com ênfase em Filosofia da Educação, destacando-se por Estudos e Pesquisa na Área de Formação de Professores, Política Educacional, Sexualidade e Educação. É o Coordenador Geral (Líder) do Grupo de Estudos e Pesquisas em Filosofia e Educação PAIDEIA e Presidente Nacional da ABRADES.

 

  • SUZANA MONTAURIOL (Brasil) pedagoga, psicopedagoga constutivista, psicoterapeuta transpessoal, psicoterapeuta sistêmica, consteladora familiar, escritora, poeta, cantora, dramaturga, atriz e contadora de história há 35 anos. Idealizadora dentro da  Univida _ do  1º curso de Pós Graduação no Brasil  em “Educação da Infância  com ênfase no contador de Histórias”. Autora da Metodologia Pedagogia da Vida administrada em todos os  cursos de Pós Graduação da UNIVIDA                     ( Universidade da Vida). Vice Presidente da ONG  e Ponto de Cultura – Casa de Cultura Aquarela em Campinas, um coletivo que abraça uma rede de arte educação e educação sócio-inclusiva. 

 

 

  • ULISSES JUNIOR (Brasil) ator, palhaço, contador de histórias e produtor cultural. Foi sócio- fundador da Associação NINA- Núcleo Interdisciplinar de Narradores Orais e Agentes de Leitura, onde participou de diversos encontros de contador de Histórias dentre eles: Simpósio Internacional de contadores de Histórias- RJ- 2006, Boca do Céu- Encontro de contadores de História- SP- 2008 e 58° Feira do Livro de Porto Alegre- 2012. Diretor e Professor  da UNIVIDA ( Universidade da Vida).

 

  • MARCOS BRYTTO (Brasil) Presidente do Ponto de Cultura “Casa Aquarela”, diretor de teatro premiado dentro e fora do Brasil.  Autor da metodologia de estudo e pesquisa teatral:   “A Biocenica”. Músico, cantor, arranjador, produtor cultural, palestrante, consultor e arte educador.

  

  • LAURA FERREIRA ( Paraguai) Contadora de histórias, Diretora do grupo Artesanas de la Palabra, idealizadora do Encontro Internacional de Narradores Orais do Paraguai.

 

 

  • ARTESANAS DE LA PALABRA – (Paraguai) – Somos un colectivo de narradores/as de cuentos, titiriteros, cantautores, animadores socio-culturales, educadores a través del arte y la cultura.

 

  • ESCUELA DE CUENTERÍA NAARRACUENTOS ( Argentina)

ESCUELA DE CUENTERÍA NaRRaCueNToS, dirigida por Alejandra Oliver Gulle, acompañado por Eduardo Chaves – César León Vargas- Mariquita Márquez Iris María -Irma Varela -Córdoba –Argentina

 

ABAIXO A PROGRAMAÇÃO DO SARAU ‘ GALA

PELO YOUTUBE

NO CANAL DA CulturAr

 

Sarau\Gala

  • 27\08 – 5ª feira – 19h às 20h30min.

Artistas e Contadores de Histórias participantes:

  1. Iris Maria ( Argentina)
  2. Maria Cândida
  3. César Vargas ( Argentina)
  4. Ulisses Junior
  5. Luciani Brazolim
  6. Adriana Leon ( Argentina)
  7. Dani Almeida
  8. Sonia Esquivel  – ( Paraguai)

 

  • 28\08 – 6ª feira das 19h às 20h30min

Artistas e Contadores de Histórias participantes:

  1. Ana Person
  2. Mariquita Márquez  ( Argentina)
  3. Suzana Montauriol
  4. Andrea Lucca (Argentina) –
  5. Palhaço Custelinha
  6. Sol Argayo ( argentina)
  7. Aura Britez – ( Paraguai)

 

  • 29\09 – sábado – 19h às 20h30min

Artistas e Contadores de Histórias participantes

  1. Laura Tomé
  2. Mariel Von Nowak ( Paraguai)
  3. Lourdes Formosa
  4. Eduardo Chaves ( Argentina)
  5. Deborah Callou
  6. Alejandra Oliver Gulle (Argentina)
  7. Ulisses Junior

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

PARCEIROS:

CASA DE CULTURA AQUARELA – ENTRE OUTROS –

PARCERIA  DAS ESCOLAS INTERNACIONAIS

 

 

 

              

 

1 avaliação para I Seminário Internacional de Contadores de Histórias

  1. Muito interesante , eu quero aprender mais estou curtindo participar

Adicionar uma avaliação

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *